5 VERDADES SOBRE MORAR SOZINHO

Anúncios

Antes de tomar essa decisão, é essencial considerar as vantagens e desvantagens de cuidar do seu próprio espaço.

Não ter que dar satisfação a ninguém, fazer tudo como bem entender, organizar o espaço como preferir e ter liberdade – tudo isso é ótimo, mas é apenas parte da realidade de sair de casa.

Para quem está pensando em dar esse passo, veja abaixo 5 realidades sobre como é cuidar do seu próprio lar que podem ajudar a entender se está realmente na hora de sair de casa.

1. VOCÊ VAI ARCAR COM TODOS OS CUSTOS

Uma das principais realidades de quem mora sozinho é ter de arcar com as despesas da casa, incluindo aluguel, energia, água, gás, internet, mercado…

Também é preciso comprar móveis, eletrodomésticos e outros equipamentos para mobiliar a casa no início – sem falar de outros custos e eventuais imprevistos que podem surgir.

Por isso, é essencial fazer cálculos e tomar a decisão de sair de casa com a certeza de que as contas fecharão no final do mês.

Anúncios
2. É PRECISO PENSAR NAS COMPRAS DA SEMANA

Tem arroz? Acabou o feijão? Precisa comprar mais pão? Você vai comer em casa? O que?

Além dos alimentos, também é necessário se preocupar com produtos de limpeza e de higiene pessoal: desinfetante, sabão para lavar roupa, detergente, sabonete, pasta de dente, shampoo, papel higiênico…

Esteja pronto para cuidar disso sozinho e ser responsável pelas compras – afinal, a geladeira não se enche sozinha. 

3. CUIDAR DA CASA DÁ MUITO TRABALHO

Não tem escapatória: ter o próprio espaço significa cuidar dele também. Da limpeza ao pagamento de contas, morar sozinho significa cuidar de todos os detalhes da casa e estar preparado para lidar com eles financeiramente.

Além dos gastos mensais, é importante ter uma reserva para lidar com os imprevistos – como um cano furado, um equipamento quebrado ou uma manutenção de emergência no condomínio que precisa ser rateada entre os moradores.

Anúncios
4. VOCÊ VAI APRENDER A SE PLANEJAR – E ISSO É ÓTIMO

É preciso lidar com questões como manter uma casa em ordem; contratar e fazer a manutenção de serviços essenciais; organizar as finanças para que o dinheiro dê para todas as contas… 

Esses dilemas ajudam a trazer mais responsabilidade e desenvolver habilidades necessárias para a vida adulta.

5. VAI TER PERRENGUE, MAS VOCÊ VAI TER UM CANTO PARA CHAMAR DE SEU

Chegar em casa depois de um dia cheio de trabalho aproveitar o seu espaço: não só um quarto, mas uma casa inteira – sala, cozinha, banheiro…

Uma das principais vantagens de sair de casa é ter mais liberdade para seguir a sua rotina – e poder organizar (ou não) a casa como achar melhor.

Só é preciso ter em mente, entretanto, que tudo isso custa dinheiro. Por isso, é importante se planejar para fazer as compras sem estourar o orçamento. 

Anúncios
“AINDA NÃO CONSIGO SAIR DE CASA!”

Bom, você não está sozinho nessa.

Para a maioria dos jovens, sair de casa é um sonho difícil de ser concretizado. Dados do Banco Mundial revelam que pessoas entre 15 e 29 anos do mundo inteiro estão demorando mais para conseguir sair da casa dos pais.

O motivo? Dinheiro. Os números mostram que as crises econômicas das últimas décadas são o principal fator para atrasar essa decisão de morar sozinho. No geral, o desemprego e a falta de remuneração adequada impedem muitos jovens de dar esse passo.

Então, se você não consegue sair de casa agora, uma alternativa é começar a se planejar mais e olhar para o futuro.

%d blogueiros gostam disto: