Barreiras! 🌼

Uma flor nasceu na rua!, Passem de longe: bondes, ônibus, rio de aço do tráfego. Uma flor ainda desbotada que luta por si, rompe o asfalto. Façam um completo silêncio, paralisem os negócios, garanto que uma flor nasceu. Sua cor não se percebe, suas pétalas não se abrem seu nome não está nos livros. É FEIA!. Mas é realmente uma FLOR!. Olhos sujos no relógio, em vão me tento explicar aos muros surdos sob a pele do sol, como se consola os doentes que não os renova as coisas tristes. Vivo há vinte três anos a esse tédio, e nenhum problema resolvido, nenhuma carta escrita nem recebida. Crimes, Guerras… porem como perdoá-los?. Crimes suaves, que ajudam a viver. Ração diária de erro distribuída em casa… Pôr fogo em tudo, inclusive em mim mesmo, Porém meu ódio é o melhor de mim, com ele me salvo, me protejo e dou aos poucos uma esperança mínima a mim mesmo. É FEIA!. Mas é realmente uma FLOR!. Que furou o asfalto, o tédio, o nojo e o ódio.

Valeu e até depois! – KS – 👦

Anúncios

16 comentários em “Barreiras! 🌼 Deixe um comentário

  1. UMA FLOR, PESSOAL! Achei o texto bem legal e mostra o quanto estamos desligados para os pequenos detalhes do dia a dia. É tanta preocupação em pegar condução e fazer seu trabalho que não notamos as pequenas flores que rompem o asfalto e estão ali só esperando algum carinho antes que morram pisadas por algum desavisado.

    1. Luisa “É FEIA, mas é uma FLOR” Poucas pessoas pensam dessa forma mas acreditamos em um mundo melhor, mesmo ele ainda muito distante! Grato pela visita!! 😚

Deixe uma resposta