ESSE VÍDEO VAI TE MOSTRA QUE ESTAMOS TIRANDO AS MESMAS FOTOS NO INSTAGRAM 🤳🏻

Você já deve ter notado padrões nas fotos postadas por seus amigos no Instagram. As mesmas fotos de viagem com as mesmas poses, os famosos pratos de comida e também as selfies com biquinho. Muita gente anda percebendo que a criatividade não é o ponto forte das redes sociais e que cada vez mais temos uma experiência “pasteurizada”.

Anúncios

Um fotógrafo, conhecido nas redes sociais como Oliver KMIA, em uma de suas últimas viagens para Roma, notou que todo mundo queria tirar a mesma foto, com a mesma pose nos pontos turísticos mais óbvios da cidade; e ele não estava em situação diferente. Mesmo assim, resolveu fazer uma montagem das fotos marcadas com as principais hashtags de viagem do Instagram, deixando claro o que a gente já suspeitava: elas geralmente seguem os mesmos padrões. O resultado dessa montagem é incrível e você pode ver logo abaixo. 🙀

Oliver diz que quando percebeu o crescimento do número de fotos de viagem no Instagram, tentou se dedicar a ser um explorador e não um turista, no entanto não é fácil, já que o pensamento coletivo força os usuários a seguirem regras não formais de como se apresentar nas redes sociais. Ele também menciona que, durante a busca de imagens encontrou muita gente criativa, talentosas e com perfis inspiradores. E são exatamente esses perfis que têm mais seguidores e se tornam referências.

Amigos de cena

Ao som de um acorde! 🎸

Relatos sofridos e vividos de Izabel Alves  💕 / 🎼

A música sempre esteve muito presente em minha vida, nas lembranças, alegrias, tristezas e por ai vai. Aquelas lembranças de mergulhar em seus sentimentos e pensamentos, algo que no faz expressar nossas angústias e desejos. aqueles sentimos em relação a algo que nos espelharmos na criação do outro. Desde muito nova sempre estive cercada pela música, com inspirações e o apoio vindo, ouvindo e vendo meu pai tocar suas músicas da qual tanto gosta, e sempre o observava e demonstrava interesse, da mesma forma com meu irmão que ganhou seu primeiro violão aos 16 anos dos meus pais, e ensinava tudo que aprendia, até ele trocar o violão e ficar fascinado pela guitarra, nesse caso fiquei com o violão mesmo que era de Nilon e aos 12 anos eu estava lá, não desistindo de tentar aprender, me aperfeiçoando e tentando melhorar, com vídeo aulas, cifras, tudo sozinha com minhas musiquinhas passando horas e horas tocando e cantando no meu quarto. Sempre gostei muito de Rock, Pop, Mpb, era muito esse estilo.

14212692_1067968689968196_3602543332472018859_n

No começo não achei que eu cantasse bem, era só uma diversão pra mim mesmo, aos 14 anos ganhei o meu próprio violão de aniversário, era tudo que eu queria, um grandão e profissional de aço, fiquei apaixonada ainda mais por tocar. Com isso conheci amigos da igreja que também tocavam e me vi cantando sem timidez pela primeira vez, sentindo que eu gostavam da minha voz e que não tinha problema em cantar, e que me deixavam feliz em compartilhar com eles. foi ai que comecei a treinar e cantar na missa, todos os domingos com meus amigos, era um compromisso que sempre me deu prazer de fazer e ainda me dar. Quando completei 15 anos ganhei meu teclado que também era meu sonho aprender. fiz aulas e apanhava muito para aprender, mais com o tempo aprendi e fui gostando cada vez mais desse universo. Pra mim a música foi e ainda é a liberdade da minha alma, é a paz de espírito, é a emoção de milhares de sensações, de chorar, rir, dançar, amar e de estar vivo! Eu amo e vivo a música, sou grata por poder ter o dom de cantar para Deus, e estar fazendo parte de toda essa essência da vida que só a música traz. Obrigada! 😊

E se você também tem algum relato ou texto bem legal assim como o da  Izabel, manda pra gente!, é só CLICA AQUI!